Karol Conka recebe a cantora Paula Lima no próximo ‘Superbonita’

No novo episódio de Superbonita, Karol Conka recebe a cantora Paula Lima para um bate papo descontraído sobre a beleza da diversidade.

O que é preciso para encarar um biquíni? O corpo perfeito? Ter peito e bunda? Não estar fora do peso ou se sentir bem com seu corpo atual? No novo episódio de Superbonita, que vai ao ar segunda-feira (02), às 21h, no GNT, Karol Conka recebe a cantora Paula Lima para um bate papo descontraído sobre a beleza da diversidade. Fora dos estúdios, a atriz Lyv Ziese e a jornalista Miriam Bottan contam suas histórias de autoconhecimento e aceitação.

Paula Lima acredita na diversidade e particularidade de cada um. “Nós duas somos negras, mas eu sou bem diferente de você”, diz ela que descarta a ideia de padrões. A cantora conta que o seu corpo nunca foi uma questão e revela que sofreu mais preconceito de cor do que em relação às suas curvas. “Sempre fui uma criança, uma mulher de estrutura grande. Tem pessoas que gostam e as que não curtem. Meu problema maior sempre foi com a cor”.

Sempre em movimento, a atriz Lyv Ziese conta que mudar a forma com a qual via o próprio corpo foi um processo difícil, já que passou muito tempo tentando se encaixar em um padrão que não fazia parte dela. “A minha visão foi mudando pouco a pouco, mas por uma rebeldia contra o mundo. Eu teria que parar de fazer as coisas que me deixavam felizes. Eu agredia o meu corpo de alguma maneira para entrar em um molde que claramente meu corpo não se encaixava”, conta ela, que, aos poucos, entendeu que não tinha nada de errado em ser como é.

A jornalista Miriam Bottan já participava de concursos de beleza desde os 5 anos de idade. Com um biótipo considerado dentro dos padrões, ela seguiu a carreira. Mas aos 13 anos, depois de tanto tempo tendo sua beleza julgada, Miriam passou por situações que a fizeram desenvolver uma compulsão alimentar. “Aos treze anos eu engordei um pouquinho e comecei a vomitar a comida, porque achava que não podia ser feia de jeito nenhum. Desenvolvi uma bulimia. Queria ver ossos, queria sumir”. Hoje, ela se encontrou e aprendeu a se amar. “Beleza é estar em paz e feliz. Um corpo bonito é consequência de uma vida tranquila, na qual você vive sendo quem você é”.

Ainda no episódio, o preparador físico Márcio Atalla explica que mais vale ter sobrepeso e fazer exercício físico do que ser magro e sedentário, enquanto a dermatologista Juliana Neiva comenta sobre o uso do colágeno. A influenciadora digital Jeh Lopes dá dicas de penteado para praia.

Fonte: O universo da TV